Revolução Francesa - República e Convenção Nacional

11/12/2010

A vitória da France deu forças aos revolucionários. Com isso, os principais representantes decidiram proclamar a república que substituiu a assembléia pela Convenção Nacional com a missão de fazer uma nova constituição.
Luis XVI foi levado a julgamento por traição a pátria e foi condenado por conspirar contra a liberdade da nação e a segurança geral do estado e em 1793 foi condenado a guilhotina.
Nesse período, as principais forças do país eram:

  • Os Girondinos: alta burguesia;
  • Os Jacobinos: pequena e média burguesia e o proletariado;
  • A planície: a burguesia financeira.

A execução do rei provocou a reorganização das forças estrangeiras e revoltas internas. Para enfrentar as ameaças, os Jacobinos criaram órgãos para defender a revolução:

  • Comitê da salvação pública: responsável pelo exército e a administração do país.
  • Tribunal revolucionário: encarregado de vigiar e punir traidores da causa revolucionária. Esse tribunal foi responsável pela morte de mais de 40 mil pessoas na guilhotina, inclusive a família real.

Nesse período conhecido como a fase do terror, qualquer pessoa suspeita podia ser presa e condenada como inimiga da revolução. Uma ditadura comandada por Robespierre se instalou. Durante seu governo, ele conseguiu conter o ataque das forças estrangeiras.
Resolvido o problema com os países externos, os girondinos e a planície se uniram contra o governo de Robespierre. Ele foi preso em 1794 e condenado a morrer na guilhotina. Então, acaba a fase do terror.

Um comentário:

 
Fox Stuff © 2013 | Plantilla diseñada por Ciudad Blogger